A segunda tentativa do queniano Eliud Kipchoge de tentar completar uma Maratona em menos de duas horas será transmitida pelo YouTube. O acordo foi assinado entre a Sunset & Wine, produtora e distribuidora de TV britânica que detém os direitos do desafio, e a rede social especializada em vídeos.

A parceria dará ao público acesso direto ao feed de transmissão ao vivo do "Ineos 1:59 Challenge", nome dado ao desafio, que é patrocinado pela empresa privada multinacional de produtos químicos Ineos. Os interessados também poderão assistir à cobertura da corrida por meio de uma opção de segunda tela disponível no site oficial do evento, que fornecerá aos usuários "níveis de interação sem precedentes", de acordo com os organizadores.

Foto: Reprodução / Twitter (@INEOS159)

"O mantra de Eliud Kipchoge é que nenhum ser humano é limitado. Ele deseja usar o 'Ineos 1:59 Challenge' para inspirar todos a acreditarem em si mesmos. Nosso papel é permitir que pessoas de todo o mundo assistam a seu incrível e histórico esforço para quebrar a barreira de duas horas da Maratona. A segunda tela inovadora é a primeira feita para o atletismo e dará aos espectadores a possibilidade de escolha de uma ampla variedade de conteúdo, incluindo ângulos de câmera, conteúdo exclusivo, o caminho de Eliud para o desafio, feeds de tempo controlados por dados e muito mais", explicou Tom Crotty, diretor de assuntos corporativos e comunicações do evento.

O "Ineos 1:59 Challenge", que será realizado no dia 12 de outubro, nas ruas de Viena, na Áustria, também será transmitido por pelo menos 30 emissoras espalhadas por mais de 200 países. Entre as mais conhecidas estão NBC (EUA), L'Equipe e Canal + (França), Teledeporte (Espanha) e Mediaset (Itália).

Outras adquiriram apenas os direitos de destaques e melhores momentos, como ESPN (EUA), Sky Sports (Reino Unido), ZDF (Alemanha) e NHK (Japão). A CCTV International Network, rede estatal da China, transmitirá a prova em delay e incluirá destaques do desafio na plataforma de mídia social TikTok.

No Brasil, nenhuma emissora anunciou os direitos da prova. Na lista de donas dos direitos que está à disposição no site oficial do evento, também não consta nenhuma representante brasileira.

Para quem não se lembra, a primeira tentativa de Eliud Kipchoge de quebrar a barreira das duas horas na Maratona foi extremamente divulgada por sua patrocinadora esportiva, a Nike, em um evento que contou com uma série de convidados no Autódromo de Monza, na Itália, no dia 6 de maio de 2017. À época, o queniano ficou a 26 segundos de alcançar o feito, com um tempo de 2h00min25s.


Notícia Eliud Kipchoge Ineos 1:59 Challenge Ineos YouTube mídia transmissão marketing patrocínio recorde desafio Maratona Nike