Após adiamento, a WTorre definiu a data do evento teste que marcará a abertura do Allianz Parque, o novo estádio do Palmeiras. No próximo dia 27, o estádio abrirá as portas para um público de 3 mil pessoas para exibir o filme “12 de Junho de 1993 – O Dia da Paixão Palmeirense”, que conta a história do fim de jejum de 17 anos sem título do clube paulistano.

Com o adiamento para o próximo fim de semana, a mostra será feita após a entrada do filme nos cinemas. O “Dia da Paixão Palmeirense” foi produzido pela Canal Azul, a mesma que fez vídeos históricos de Corinthians e Santos recentemente. No dia 25 deste mês, o vídeo passará a ser exibido em salas de cinema. Existe também a possibilidade de ter exibição na televisão fechada, caso da ESPN, e na televisão aberta, com a Band.

Na próxima terça-feira, haverá outro evento, sem ligação com o estádio palmeirense. O filme será exibido no Cine Livraria Cultura, no Conjunto Nacional, localizado na Avenida Paulista, em São Paulo. A Adidas, fornecedora de material do clube e uma das patrocinadas da película, enviou convites à imprensa na última semana.

Os adiamentos e os eventos concorrentes mostram um pouco do momento vivido por Palmeiras e WTorre. O clube e a construtora vivem um drama pelo direito de comercialização dos assentos da nova arena, e o caso passa pela arbitragem para interpretação contratual. Enquanto não se chega a uma resolução, o time não deve entrar em campo na nova casa, e a relação entre as partes permanece pouco amigável.  

Procurado pela Máquina do Esporte para explicar o adiamento do evento em seu estádio, o Palmeiras alegou que não possui nenhuma ligação com o evento da WTorre. 


Notícia Palmeiras Palmeiras WTorre