Vitória inesperada do México contra a Alemanha provoca terremoto no país latino e amplia a expectativa da Fifa para um Mundial histórico em 2026. Confira a análise de Erich Beting, CEO da Máquina do Esporte.


Notícia México Copa do Mundo 2026 economia torcida futebol marketing mercado dinheiro Fifa