Landon Donovan, ex-craque da seleção dos Estados Unidos, deu uma bola fora ao fazer uma ação para o patrocinador da seleção mexicana. E gerou uma crise diplomática para o futebol dos EUA.

Confira a análise de Erich Beting, CEO da Máquina do Esporte.


Notícia Copa do Mundo México Estados Unidos crise diplomática marketing patrocínio mídia Wells Fargo gafe futebol