A novela que envolve o futuro do Complexo Maracanã, que inclui o Estádio do Maracanã e o Ginásio do Maracanãzinho, teve mais um capítulo nesta terça-feira (2). Capítulo, no mínimo, diferente, aliás. O Vasco apresentou uma proposta em que sugere um consórcio entre os quatro grandes clubes cariocas para gerir o local. A proposta é vista com bons olhos pelo rival Flamengo, por exemplo.

De acordo com o site Globoesporte.com, a ideia é a seguinte: os quatro clubes (Vasco, Botafogo, Flamengo e Fluminense) formariam uma entidade administrativa (Maracanã Carioca S.A.). Em seguida, elegeriam um Conselho de Administração composto por onze membros, sendo um indicado pelo Estado, oito escolhidos pelos clubes (dois de cada) e dois membros independentes indicados em conjunto. A presidência do conselho seria rotativa, com mandatos de um ano de duração.

Pela proposta, cada clube seria responsável por operar os próprios jogos, com o calendário de uso sendo discutido entre os quatro. A arrecadação com as partidas seria feita de acordo com a participação dos clubes, com o principal objetivo de diminuir os custos fixos atuais.

Foto: Reprodução

"Nós entendemos que os clubes não precisam de intermediários, pois sabem operar os jogos e conhecem a operação de jogo. Não vejo a necessidade de ter um intermediário. Alguém está ali simplesmente tirando uma fatia do bolo, bolo esse que deveria ser repartido somente entre os clubes e a federação", afirmou Alexandre Campello, presidente do Vasco.

Vale ressaltar que, pela ideia proposta, parte dos gastos seria subsidiada pelo poder público, fato que não estava nos planos iniciais do Governo do Rio de Janeiro.

Na última sexta-feira (29), a Máquina do Esporte revelou que o Governo do Rio de Janeiro começou a receber propostas de clubes e empresas interessadas em administrar os equipamentos esportivos, tendo como objeto a gestão do Complexo Maracanã.

Além do Vasco, que formalizou esta proposta "diferente", Flamengo, Fluminense e também um grupo de três agências, entre elas a Bravo Live, atual responsável pela gestão do Allianz Parque, já demonstraram interesse em gerir o Complexo Maracanã.

A data final para apresentação de propostas é nesta quinta-feira (4). O resultado será divulgado na sexta-feira (5) até as 17h. O dono da proposta vencedora assumirá a gestão no dia 19 de abril em um contrato que terá duração inicial de 180 dias.


Notícia Maracanã estádio contrato concessão controle governo Rio de Janeiro Flamengo Fluminense Botafogo Vasco consórcio gestão