O Vasco usou as redes sociais para oficializar a chegada do BMG como patrocinador máster do time. Dessa maneira, o clube encerra o período de um ano sem um parceiro fixo na parte mais nobre do uniforme. Em 2017, o clube contou com o aporte da Caixa.

Por ora, o clube não revelou mais detalhes do patrocínio, apenas que a torcida iria saber como participar da parceria "nos próximos dias". O modelo de negócio deverá seguir o que o BMG tem feito com o Corinthians e o Atlético Mineiro, com a criação de um banco com marca do time e a divisão do lucro da nova ferramenta.

O BMG, inclusive, já criou uma conta no Twitter com o nome "Meu Vasco BMG", a mesma fórmula usada com os outros times. Nesta quarta-feira (20), houve apenas uma mensagem, com a palavra "Vasco". Escrever o nome do time aleatoriamente virou uma brincadeira nas redes sociais nos últimos dias.

Na última semana, o site Globoesporte.com havia detalhado o acordo entre BMG e Vasco. A cota fixa do time carioca deverá ser de R$ 8 milhões, além da divisão por igual do lucro do banco a ser criado. O contrato será de cinco anos.

Com o Vasco, o BMG indica mudanças na estratégia para o futebol. Em janeiro, o presidente do banco, Ricardo Guimarães, havia afirmado que a empresa ficaria apenas com Corinthians e Atlético, distante da estratégia do início da década, quando a marca fechou com diversas equipes do Brasil.


Notícia Vasco Patrocínio BMG