O Sport anunciou nesta quinta-feira (21) que ficará sem um fornecedor de material esportivo. O clube soltou nota para informar que a Under Armour ficará apenas até o fim deste ano. O acordo com a empresa era válido até 2023.

"Recebemos recentemente a sinalização da Under Armour sobre a antecipação do encerramento do contrato e chegamos a um denominador comum com muita clareza e honestidade, como costumamos trabalhar aqui no Sport. Não houve arestas nem mal-entendidos, apenas uma decisão tomada em conjunto, entre as duas partes", afirmou o vice-presidente do clube, Carlos Frederico, em comunicado.

A parceria com o Sport, fechada com um contrato longo, durou pouco. O acordo foi assinado no início de 2018, e, na metade da temporada, o time deixou de usar a Adidas e passou a estampar a marca americana no uniforme.

Esse é o segundo rompimento recente da Under Armour com um time brasileiro. No fim de 2017, a empresa já havia desistido da parceria com o São Paulo. O acordo iria até 2019, mas a companhia preferiu pagar a multa prevista em contrato.

No Brasil, a Under Armour ainda conta com o Fluminense, em um acordo até o fim de 2020. Oficialmente, a empresa negou a possibilidade de encerrar mais um acordo. A marca, inclusive, tem previsão de lançamento de novos uniformes para este ano.

No fim de 2018, a companhia americana passou a ser comandada pela Vulcabras Azaleia no Brasil. O acordo de dez anos dá direito exclusivo à empresa de fazer a comer a distribuição e licenciamento da marca no mercado nacional.   


Notícia Sport Under Armour Patrocínio