A Associação de Futebol da Argentina (AFA) criou uma nova propriedade comercial para a seleção do país e fechou patrocínio com o aplicativo de mobilidade urbana Uber. Agora, a empresa de transporte será a “patrocinadora digital” da equipe, sendo parceira global para as redes sociais não só em espanhol mas também em outros idiomas.

Foto: Reprodução / Twitter (@afa)

A ideia da entidade com a nova categoria comercial é justamente melhorar seus canais digitais, desenvolvendo ações em redes sociais para monetizar seus ativos digitais. O contrato foi assinado nesta quarta-feira (21), com a presença do presidente da AFA, Claudio Tapia, e o chefe de desenvolvimento de negócios da Argentina, Felipe Aramburu.

"Desde que assumimos a liderança de gestão da AFA, decidimos aumentar as receitas comerciais da associação e gerar novas unidades de negócio, a fim de ter uma AFA mais forte economicamente para nos permitir continuar a crescer. Neste caso, criamos uma nova categoria de patrocínio que tem como objetivo explorar comercialmente a nossa herança digital, que está crescendo de maneira muito forte em todos os aspectos. Estamos muito satisfeitos em anunciar este novo acordo com uma empresa multinacional que decidiu apoiar o nosso projeto. No último ano, nós adicionamos nove patrocinadores em diferentes áreas, o que mostra que as marcas acreditam em todo o trabalho que está sendo desenvolvido para melhorar o futebol argentino", declarou Claudio Tapia.

Atualmente, a AFA tem em seu portfólio de apoiadores marcas como Adidas, Claro, Coca-Cola, Nissan e Quilmes, entre outras. Ao todo, são 11 patrocinadores oficiais, além de quatro regionais e sete fornecedores oficiais. 


Notícia Uber AFA seleção argentina Argentina marca patrocínio marketing mercado patrocinador digital ativos digitais redes sociais