Em novembro do ano passado, a Máquina do Esporte revelou que Cingapura queria tirar o Nitto ATP Finals de Londres, onde o torneio é realizado desde 2009. No entanto, nos últimos meses, o país asiático perdeu força nos bastidores e deve ser derrotado pela cidade italiana de Turim. A informação é do jornal britânico Daily Telegraph.

De acordo com a publicação, ainda não há confirmação por parte da ATP, mas as chances da Itália passar a receber o torneio que reúne os oito melhores do ano a partir de 2021 aumentaram substancialmente. Na Ásia, quem poderia tirar a competição de Turim seria Tóquio, que passou a ser a preferida da entidade que organiza o tênis mundial no continente. Manchester estaria correndo por fora, justamente por ser uma cidade inglesa como Londres e, ao que tudo indica, não ser o objetivo da ATP manter o torneio no mesmo país em que está há tanto tempo.

Rafael Nadal costuma ser uma das estrelas do Nitto ATP Finals no final do ano (Foto: Reprodução / Twitter (@ATP_Tour))

O que o Daily Telegraph confirma é que a temporada 2020 será a última do Nitto ATP Finals na O2 Arena, em Londres. Segundo o jornal, a mudança de sede é uma vontade da ATP e vai acontecer.

Ainda de acordo com a publicação, a proposta de Turim não deverá render tanto como Londres em termos de ingressos vendidos, mas a imprensa italiana especula que a prefeita da cidade, Chiara Appendino, está disposta a depositar uma garantia anual de € 15 milhões a fim de para garantir os direitos de hospedagem do torneio.

Vale ressaltar que a prefeita conhece o poder de atração do esporte, pois chegou a trabalhar na Juventus, principal clube de futebol da cidade e um dos maiores da Itália e do mundo, entre 2007 e 2010, no início da carreira. Dessa forma, quer apostar no esporte para atrair turistas e negócios para a cidade.

Entretanto, ao que tudo indica, será difícil alcançar os números de Londres. O Nitto ATP Finals tem sido um grande sucesso na capital inglesa, atraindo mais de 250 mil pessoas por ano e respondendo por 15% das receitas da ATP, que somaram US$ 144 milhões no último ano fiscal.


Notícia Nitto ATP Finals tênis sede Turim Cingapura Londres mudança mercado estratégia marketing esportivo