O que surgiu como uma espécie de brincadeira após o cancelamento às pressas do GP da Austrália de Fórmula 1 tem se tornado um novo negócio para a Veloce eSports. A empresa anunciou, agora, um acordo com a Motorsport Game, braço de videogame da Motorsport Network, para transmitir a temporada do seu "Not the GP", campeonato paralelo ao calendário da Fórmula 1 que vai correr virtualmente todas as etapas da categoria, mas com pilotos e celebridades.

LEIA MAIS: Fórmula 1 segue Nascar e terá campeonato virtual com pilotos

O acordo passou a valer já no último domingo (22), quando a Motorsport Game transmitiu ao vivo o "NotTheBah GP", a corrida virtual do Bahrein. Durante a transmissão, 260 mil pessoas ficaram sintonizadas. Foram 100 mil espectadores a mais do que o "NotTheAus GP" havia obtido na semana anterior. No total, a transmissão do segundo Grande Prêmio da série alcançou 2,5 milhões de pessoas, segundo a Veloce.

Foto: Reprodução / Twitter (@VeloceEsports) 

"Ficamos impressionados com seu nível insano de apoio. Obrigado pilotos, parceiros e fãs", disse a empresa, ao anunciar os dados em sua conta no Twitter.

O sucesso dos dois primeiros eventos deve fazer crescer a audiência e pode levar o projeto a ganhar a televisão, como aconteceu com a Nascar nos Estados Unidos.

Também no último domingo (22), a transmissão da primeira etapa da Nascar Pro Invitational Series, torneio que reúne celebridades competindo virtualmente nos circuitos da categoria, atingiu 903 mil pessoas, de acordo com medição feita pela Nielsen. O evento foi exibido ao vivo pelo canal FS1, da Fox Sports americana. Foi a maior audiência da história de um evento de e-Sports na televisão americana, segundo a Nielsen.

LEIA MAIS: Nascar cria liga virtual e fecha transmissões com Fox Sports

No final de semana, a LaLiga também alcançou mais de 1 milhão de pessoas com a transmissão de um campeonato de Fifa 2020 disputado pelos atletas dos times.

LEIA MAIS: LaLiga atrai mais de 1 milhão de pessoas em torneio virtual


Notícia Coronavírus Covid-19 pandemia esporte virtual audiência streaming mídia estratégia marketing mercado F1 Nascar LaLiga