Douglas, durante o empate entre Grêmio e Atlético-MG

O título do Grêmio na Copa do Brasil rendeu audiência de 47 pontos em Porto Alegre para a Globo, com 66% no share (número de TVs ligadas).

É o recorde de todo o futebol para 2016 na capital gaúcha. Isso inclui transmissões de Olimpíada, Copa América e Copa Libertadores. Uma partida de futebol não atingia esse nível em Porto Alegre desde 2011.

O recorde anterior na cidade pertencia à primeira partida da decisão, contra o Atlético-MG, realizada em Belo Horizonte. A vitória por 3 a 1 naquela partida rendeu 43 pontos no Ibope e 59% de participação entre os televisores ligados.

Em Belo Horizonte, mesmo com chances remotas de título para o Atlético-MG, o índice de audiência também foi significativo. O jogo rendeu 31 pontos na capital mineira. Houve 49% de participação, igualando a média do primeiro jogo da final e o recorde da Copa do Brasil nesta temporada.

Nas duas principais cidades do país, porém, a audiência não foi tão alta. Em São Paulo, o empate entre Grêmio e Atlético-MG rendeu 22 pontos na audiência, com share de 36%. O índice é um ponto acima do obtido no primeiro jogo da final da Copa do Brasil. O recorde da competição na capital paulista neste ano foi de 24 pontos.

Já no Rio de Janeiro, o duelo que valeu o título gremista obteve audiência de 23 pontos, com 37% de share. É um aumento de apenas um ponto em relação à primeira partida da decisão. O melhor índice da Copa do Brasil-2016 no Rio tinha sido 26 pontos.

Cada ponto no Ibope em São Paulo corresponde a 69.417 residências e 197.814 pessoas. No Rio, 1% da audiência equivale a 43.346 casas ou 116.038 telespectadores.


Notícia Grêmio Grêmio Atlético-MG Copa do Brasil Globo Audiência Final