A emissora de língua espanhola Telemundo Deportes acertou o reforço da Amazon e do Google para a reta final da Copa do Mundo da Rússia, o que inclui as semifinais, a disputa pelo terceiro lugar e a grande final. Os acordos com os dois gigantes da tecnologia são de ativação por voz e ampliam as ofertas de áudio da emissora.

Foto: Reprodução / Twitter (@FIFAWorldCup)

Com a Amazon, a parceria utiliza o Alexa, serviço de voz baseado em nuvem da empresa americana, que incluirá um "Flash Briefing" da Telemundo Deportes para seus serviços, o que permitirá que os fãs ouçam as notícias diárias de dois minutos da Copa do Mundo da emissora em espanhol.

Além disso, os interessados poderão sintonizar o podcast diário sobre a Copa da emissora, batizado de “Dia de Gallos”, assim como acessar a música temática oficial da emissora, a “Dream of Champions” (“Sonho de Campeões”, em tradução livre), no web player ou via aplicativo Amazon Music para iOS e Android.

Já na parceria com o Google, os briefings esportivos da Telemundo serão disponibilizados em espanhol por meio do serviço Home da empresa de tecnologia.

De acordo com a Telemundo Deportes, os interessados podem solicitar os briefings esportivos com o Amazon Alexa e o Google Home por meio de comandos vocais.

Vale lembrar que a Telemundo adquiriu os direitos em espanhol para as Copas do Mundo de 2018 e 2022 após pagar US$ 600 milhões em 2011. Mais tarde, a emissora fechou um novo acordo pelos direitos do Mundial de 2026. Especula-se que os termos do contrato mais recente sejam os mesmos do anterior.


Notícia Telemundo Google Amazon Home Alexa mídia marketing parceria tecnologia áudio ativação por voz Copa do Mundo