Os estádios de bilhões de dólares, os salários inacreditáveis e toda a riqueza que cerca a NFL parece ir embora na comemoração do título do Super Bowl. Pelo menos assim acontece em Boston, cidade do New England Patriots, time que desfilou para seus torcedores nesta terça-feira (5).

Como aconteceu em 2018 com o Red Sox e como acontece tradicionalmente na cidade a cada campeonato vencido por um time da região, o Patriots desfilou pelas ruas de Boston em "duck boats", barcos híbridos para passeios turísticos.

Foto: Reprodução / Twitter (@Patriots)

Os carros abertos recebem o apoio do público, sem maiores pirotecnias ou esquemas exagerados de segurança. E, entre o público, também não há amplas ativações de patrocinadores ou grandes sacadas comerciais por parte dos times, elementos corriqueiros durante toda a temporada da NFL.

O que não significa, no entanto, que haja pouco apelo. A estimativa é que as ruas de Boston tenham recebido 1,5 milhão de pessoas ao longo do desfile dos campeões. São torcedores que se amontanhavam para gritar por Tom Brady, mostrar cartazes bem-humorados e exaltar o bom momento vivido pela cidade no esporte.

Os patrocinadores também não foram deixados de lado. Havia marcas expostas nos veículos que desfilaram pelas ruas. "Vocês venceram o Super Bowl. Nós trouxemos a cerveja", dizia um caminhão da Budweiser.

Os veículos também levavam convidados, mas algo comercialmente limitado. Para além dos jogadores campeões, os ônibus levaram familiares e ex-atletas vencedores de outros Super Bowls. Quem mais ficou à parte da área esportiva foi Robert Kraft, dono do time, que teve um veículo apenas para sua família.


Notícia New England Patriots Boston Super Bowl comemoração marketing patrocínio