O fim de semana teve festa da Bundesliga no meio do Rio de Janeiro. A chamada Bundesliga Experience Brasil foi realizada no último fim de semana, com foco na transmissão do clássico alemão entre Bayern de Munique e Borussia Dortmund, exibido em um telão ligado no Fox Sports. E o reforço da presença do torneio na TV brasileira era justamente o foco da ação.

Na sexta-feira (8), a Máquina do Esporte conversou com exclusividade com o diretor internacional de marketing da Bundesliga, Eddie Rivoldi.  O executivo explicou, de forma mais geral, qual era o objetivo da ativação realizada no Brasil: "A Bundesliga está perto do perfil do brasileiro com relação ao futebol; os alemães também são fãs apaixonados nos estádios. O meu trabalho é conectar a Bundesliga ao brasileiro, fazer com que essa ligação seja natural", afirmou.

Fundamentalmente, no entanto, a iniciativa da Bundesliga pode ser resumida em uma frase dita por Rivoldi: "Nós queremos ajudar a Fox Sports". O executivo não tem como prioridade, no evento realizado no Brasil, a busca por patrocínios ou um público específico. O objetivo central da ação é subir a audiência.

O esforço do torneio por maior audiência no país acontece em um período de negociação pelas próximas temporadas; o acordo com a Fox Sports será encerrado no fim da atual temporada. Com a determinação do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) para que a Disney venda o canal no Brasil, existe incerteza quanto uma possível renovação. Nos Estados Unidos, a liga optou por abrir mão do parceiro para fechar com a ferramenta de streaming da ESPN.

O assunto ainda é delicado para a Bundesliga. Na última semana, o blog do jornalista Marcel Rizo, do Uol, publicou que a liga alemã também negocia com a DAZN, que passaria a exibir o torneio no Brasil pelo streaming.

A Bundesliga Experience aconteceu pela terceira vez no país, mas nunca com tanta importância para o futuro da liga alemã no mercado nacional. O evento é inteiramente bancado pela própria entidade, que recentemente abriu escritório em Nova York justamente para poder trabalhar com países do continente americano.

Para atuar no Brasil, Rivoldi contou que a Liga apenas avisou os patrocinadores e os times sobre a ação no país. Algumas equipes, interessadas no mercado brasileiro, cederam brindes para os presentes no evento do Rio de Janeiro. E a EA Sports, parceira da entidade, fez ativações com o jogo Fifa na cidade.


Notícia Bayern de Munique Marketing Gestão Bundesliga Fox Sports DAZN