Patrocinadora do Rio Open em suas três primeiras edições, a Asics aproveitou a realização do evento, agora apoiado pela rival Fila, para fazer uma ação de emboscada na Lagoa Rodrigo de Freitas, perto de onde ocorrem os jogos do torneio.

A empresa montou uma quadra de tênis flutuante dentro da lagoa, e usou dois de seus atletas patrocinados que estão na disputa do Rio Open para fazer um jogo de exibição: o brasileiro Bruno Soares e o francês Gael Monfils.

"O foco da ativação é aproveitar a presença destes atletas na cidade e expandir a lembrança da marca sobre o esporte ao público brasileiro", afirmou, em nota, Melanie Conrad, gerente de marketing da Asics para a América Latina.

A ação será expandida ao público, que poderá testar produtos da Asics na quadra até o dia 25 de fevereiro, quando ela ficará aberta. No domingo também se encerra o Rio Open, no Jockey Club, a poucos quilômetros de distância.

Leia Mais: "Ação de emboscada permite mais criatividade"

"Ao promovemos esta ação também deixamos nossos produtos falarem sobre a sua qualidade, além de incentivar a prática de alguma modalidade como forma de manter a saúde física e mental, nosso maior propósito enquanto marca", complementou Melanie.

Para ativar o patrocínio aos tenistas, a marca convidou dois compradores de tênis na loja da empresa, um em São Paulo e outro no Rio de Janeiro, para jogarem a partida de exibição com os tenistas.

"Poder jogar num dos principais cartões-postais do Rio de Janeiro, dentro da Lagoa, em uma quadra flutuante, foi uma experiência incrível", afirmou Bruno Soares.

Enquanto patrocinou o torneio, a Asics fez ações distintas de ativação do patrocínio. A maior delas foi "fechar" um hotel à beira do mar para clientes, com direito a alguns jogos em quadras de tênis.


Notícia Marketing Patrocínio Rio Open Asics Fila