A Federação Italiana de Futebol (FIGC) anunciou, nesta quinta-feira (18), a renovação de um acordo de longa data com a empresa de telecomunicações TIM. A parceria, que teve início em 1999, será estendida por mais quatro anos, chegando, assim, a 2023 e a quase 25 anos de relacionamento.

Pelo contrato, a operadora permanecerá como patrocinadora das seleções italianas masculina, feminina, de futebol de areia e também das categorias de base. Pelos lados da FIGC, a renovação com a TIM se segue à parceria firmada no mês passado com a marca de moda Giorgio Armani.

Foto: Reprodução / Twitter (@FIGC)

"Por meio da renovação desta importante parceria, a TIM demonstra seu compromisso com a Itália e seu interesse no crescimento contínuo do futebol. O que sempre nos uniu à FIGC é nossa busca constante pela excelência e pela melhor classificação", afirmou Luigi Gubitosi, diretor executivo da TIM.

"Esta parceria representa uma união entre duas instituições italianas de excelência. Um dos aspectos mais interessantes do acordo é que ele monta uma equipe conjunta de trabalho para desenvolver e realizar projetos inovadores, usando novas tecnologias e envolvendo o futebol italiano e a Azzurra em geral", declarou Gabriele Gravina, presidente da FIGC.

Após um período de turbulência com a não classificação para a Copa do Mundo da Rússia no ano passado, a Federação Italiana vem tentando demonstrar esforço nos bastidores para dar melhores condições ao futebol da seleção do país. Atualmente, a Azzurra disputa as Eliminatórias para a Euro 2020. Até o momento, o time tem duas vitórias em dois jogos, oito gols marcados e nenhum sofrido, e lidera o Grupo J.


Notícia Federação Italiana de Futebol FIGC seleção italiana TIM patrocínio marketing mercado