Uma festa de apresentação para mais de 44 mil torcedores na noite desta terça-feira (6) mostrou o peso comercial que a contratação de Daniel Alves tem para o São Paulo. O evento no estádio do Morumbi se transformou numa plataforma de divulgação do programa de sócio-torcedor do clube e, também, para que os patrocinadores pudessem mostrar suas propriedades para os torcedores.

LEIA MAIS: Análise: São Paulo lembra Kaká para ter Daniel Alves

A festa feita no gramado do estádio foi planejada para reforçar o programa de sócios do São Paulo, que voltou a ser controlado pelo departamento de marketing recentemente. Daniel Alves subiu ao gramado usando a camisa exclusiva do sócio-torcedor. Dentro de campo, havia bandeiras com a logomarca do programa e banners com o endereço do site do ST são-paulino. Além disso, cerca de 30 sócios puderam acompanhar a apresentação e tirar foto com o jogador dentro de campo.

A expectativa do clube é de que a chegada de Daniel Alves impulsione o programa em sua nova fase. Além disso, o jogador auxilia no desenvolvimento do plano de licenciamento de produtos e de reestruturação de lojas oficiais. Só no evento de apresentação, 4 mil camisas foram colocadas à venda em pop-up stores, e copos de cerveja personalizados sobre a apresentação também foram comercializados.

Foto: Reprodução / Twitter (@SaoPauloFC)

"Conseguimos capitalizar essa euforia do torcedor, a vontade de ter uma lembrança dele. E o resultado está superando todas as expectativas", disse João Fernando Rossi, diretor executivo de marketing do São Paulo, ao Meio & Mensagem.

Quem também aproveitou o evento para ativar propriedades foi a Adidas. Apenas atletas vinculados à marca participaram da apresentação. Hernanes, meia do São Paulo, foi quem "apresentou" o atleta à torcida. Kaká, embaixador da marca, levou a camisa 10 para o novo contratado vestir. Luis Fabiano, que vestiu até pouco tempo a Adidas, chegou com o uniforme reserva para entregar ao amigo pessoal. No telão do Morumbi, os recados dados ao novo contratado foram apenas de atletas que vestem a marca alemã, com direito à surpreendente mensagem de boa sorte de Lionel Messi.

Outro que capitalizou em cima da contratação foi o Banco Inter. Vinte clientes do banco digital estiveram presentes no estádio para assistir ao evento. Além disso, nas redes sociais, 100 correntistas poderão ganhar uma camisa autografada do novo camisa 10 do São Paulo, em mais uma ação de engajamento do patrocinador máster do clube.

Antes mesmo de estrear, Daniel Alves mostra, como Ronaldo no Corinthians há dez anos, que investir em ídolos ainda é o melhor caminho para movimentar a marca de um clube.


Notícia São Paulo Daniel Alves Dani Alves Banco Inter Adidas marketing patrocínio estratégia gestão sócio-torcedor produtos mercado