A disputa entre as marcas pela atenção do consumidor na primeira final única da Copa Libertadores terminou com a vitória do Santander. Pelo menos é o que aponta uma pesquisa realizada pela empresa francesa Toluna Insights nos últimos dias 26 e 27 de novembro, pouco tempo após a disputa entre Flamengo e River Plate na cidade de Lima, no Peru. Os dados foram repassados com exclusividade para a Máquina do Esporte e estão apresentados logo a seguir.

A Toluna realizou uma enquete on-line com 826 pessoas acima de 18 anos para saber se elas haviam assistido à final da Libertadores. Desse total, 689 (83,4%) responderam que viram o jogo. Essas pessoas, então, tiveram que responder qual marca se lembravam de ter feito propaganda durante a final da competição.

Foto: Reprodução / Flamengo

O Santander foi quem dominou as respostas, que podiam ser múltiplas. Foram 298 menções ao banco (43,25% do total do universo), que é patrocinador do torneio e, na semana da partida, fez uma ação dentro dos canais Fox Sports. A segunda colocação na lembrança de marca foi da Mastercard, outra patrocinadora do torneio, que teve 278 citações (40,35%). O terceiro lugar em recall foi de uma marca que não está associada à competição sul-americana. A Coca-Cola, que tem uma longa relação de patrocínio com a Copa do Mundo, foi citada 275 vezes (39,91%).

A marca de refrigerantes, aliás, é a única "intrusa" dentro da lista de mais lembradas. O quarto lugar ficou com a Rexona (242 citações, ou 35,12%) e o quinto foi da Bridgestone, que chamou a atenção neste ano ao dar um anel de diamantes para Bruno Henrique, do Flamengo, eleito o melhor jogador da competição. A marca de pneus foi citada 237 vezes (34,4% do total).

O Top 10 é completado por Visa, Amstel, Heineken, Bradesco e Gatorade. Dessas, apenas Amstel e Gatorade são patrocinadores da Libertadores. As demais ou possuem estreita relação com o esporte, casos de Visa e Heineken, ou patrocinam transmissões esportivas (o Bradesco comprou o pacote de futebol do SporTV).

LEIA MAIS: Análise: Ativação precisa da mídia para crescer

A pesquisa feita pela agência francesa ainda tem como marcas mencionadas Qatar Airways, Betfair e TAG Heuer, que são patrocinadoras da Libertadores. Além delas, aparecem no relatório Emirates Airways, Continental Pneus, Rolex, Sportingbet e Old Spice. Dessas todas, Emirates e Continental possuem um programa de patrocínio esportivo, enquanto Sportingbet e Old Spice costumam fazer propaganda em mídia. A Rolex é a única que não tem ligação direta com o futebol.


Notícia Libertadores final Flamengo River Plate marcas pesquisa Toluna Insights patrocínio marketing Santander Mastercard Coca-Cola