Marca especializada no universo do surfe, a Rip Curl deu mais um passo na estratégia de se associar ou se manter aliada a grandes nomes do esporte. Nesta terça-feira (26), a empresa australiana anunciou a renovação do contrato com Sophia Medina, irmã caçula de Gabriel Medina, bicampeão mundial de surfe e também patrocinado pela empresa. A parceria foi estendida por mais dois anos.

LEIA MAIS: No ano do 50º aniversário, Rip Curl é vendida por US$ 350 milhões

Natural da Praia de Maresias, em São Sebastião, Sophia tem atualmente 14 anos e é considerada uma das principais revelações do surfe feminino do Brasil. Em 2019, a adolescente conquistou o bicampeonato do Circuito Rip Curl Grom Search, além do título do CBSurf Júnior Tour na categoria Sub-16, que lhe deu a chance de representar o país no Mundial da categoria, na Califórnia (EUA). No ano passado, Sophia já havia se tornado a primeira campeã paulista feminina da história.

Foto: Reprodução

"É muito importante para mim essa renovação. Tenho orgulho de fazer parte do time Rip Curl e estou feliz de ter a melhor marca de surfe no bico da minha prancha por mais dois anos. Agora, quero evoluir o meu surfe para poder competir campeonatos maiores como o Pro Júnior e os Mundiais da minha categoria", afirmou Sophia.

"Ficamos felizes em poder dar essa continuidade ao trabalho que iniciamos há dois anos. A Sophia vem evoluindo muito rápido, tanto na questão técnica quanto na questão psicológica. Acreditamos que, com planejamento correto, muita dedicação, tanto dela quanto da família e da Rip Curl, vamos fazer um trabalho que pode levá-la a conquistar rapidamente uma vaga na elite mundial e, no futuro, se tornar, possivelmente, a primeira surfista brasileira campeã mundial de surfe, assim como realizamos com o Gabriel no masculino", destacou Fernando Gonzalez, gerente de marketing da Rip Curl Brasil.

Estreante em Jogos Olímpicos no ano que vem, em Tóquio, o surfe vem crescendo cada vez mais no gosto dos fãs e também com as marcas. Dentro da água, os brasileiros fazem cada vez mais jus ao apelido de "Brazilian Storm". No masculino, três surfistas nacionais brigam pelo título mundial de 2019 (Gabriel Medina, Ítalo Ferreira e Filipe Toledo), enquanto no feminino Tatiana Weston-Webb já garantiu vaga em Tóquio 2020.


Notícia Rip Curl Sophia Medina Gabriel Medina surfe renovação patrocínio marketing futuro mercado