O Rio Open, principal torneio de tênis do Brasil e da América do Sul, anunciou a criação de um circuito exclusivo para crianças de 8, 9 e 10 anos. O Rio Open Kids terá oito etapas prévias até a final, que acontecerá no dia 23 de fevereiro de 2020, no dia da decisão do torneio ATP 500 no Rio de Janeiro.

"Desde o início, uma das nossas prioridades é fomentar a prática do tênis junto a crianças e adolescentes. A gente acredita que o esporte pode ajudar a melhorar nossos indicadores de educação e saúde. Depois de apoiar projetos de iniciação em comunidades do Rio de Janeiro, agora damos um novo passo com a criação do torneio Kids. Temos certeza de que este torneio vai virar objeto de desejo de crianças de todo o Brasil", afirmou Márcia Casz, diretora geral do Rio Open.

Foto: Divulgação

O Rio de Janeiro receberá a primeira das oito etapas do torneio já agora no mês de outubro. A cidade terá ainda três outras datas de competição, enquanto São Paulo, Brasília, Minas Gerais e Paraná contarão cada um com uma etapa.

"Este ano vamos começar com oito etapas seletivas em quatro estados, mas a ideia é expandir para outras localidades ao longo dos anos. Queremos inspirar e incentivar cada vez mais crianças na prática desse esporte lindo e completo que é o tênis, formando cidadãos que podem virar atletas de ponta no futuro. Com isso, acreditamos que estaremos cumprindo um papel social relevante", completou Márcia.

O mês de outubro foi escolhido pela IMM, gestora do Rio Open, para ser o mês de promoção de eventos para as crianças. Será organizado também um Festival de Tênis no clube Marapendi, no Rio de Janeiro, com seletivas para o Rio Open Kids, clínica para iniciantes, curso de capacitação técnica e ainda curso de arbitragem.


Notícia Rio Open Rio Open Kids tênis gestão estratégia mercado