A relação entre o cantor e compositor Adoniran Barbosa, o Corinthians e a zona leste de São Paulo vai virar tema de exposição na Estação Corinthians-Itaquera a partir deste sábado (10). Uma série de painéis serão instalados no local, que fica próximo à Arena Corinthians e é uma das pontas da Linha 3 – Vermelha do Metrô.

Foto: Reprodução

A mostra teve início em agosto, contando a relação do artista com o centro da capital, na Estação São Bento, ganhou novas histórias na Estação Jardim São Paulo sobre a zona norte, ambas da Linha 1 – Azul do Metrô, e agora chega à zona leste. As imagens são todas do acervo original da família do cantor, que adorava andar a pé pela cidade e faleceu em 1982, aos 72 anos.

A zona leste era especial para Adoniran. Não à toa, é uma das regiões mais cantadas por ele: do Brás à Vila Esperança, do Alto da Mooca à Vila Ré, sempre tinha alguma coisa que dava samba por ali. Um dos motivos dessa paixão: o Corinthians.

De acordo com a família, o fanatismo de Adoniran pelo clube era tamanho que o cantor não perdia um jogo do time. Ele teve, inclusive, a carteirinha de sócio-torcedor do Corinthians. Esse fato e o documento são apresentados na exposição.

Entre as músicas mais conhecidas do artista estão sucessos como "Trem das onze", "Saudosa Maloca" e "Tiro ao Álvaro", que são reproduzidas com bastante frequência até os dias atuais.


Notícia Corinthians Adoniran Barbosa zona leste exposição metrô Corinthians-Itaquera