A marca de bebidas energéticas Red Bull não terá o time que leva seu nome na Série A1 do Campeonato Paulista em 2020. A decisão foi tomada pela empresa para que o Bragantino, adquirido pela marca este ano, possa permanecer na elite estadual.

LEIA MAIS: Bragantino anuncia parceria com Red Bull para abril

LEIA MAIS: Bragantino divulga primeiros uniformes com Red Bull

A presença de dois times controlados por uma mesma empresa numa mesma divisão de campeonato é proibida por lei. Dessa forma, mesmo com uma campanha excepcional no Paulistão 2019, o Red Bull Brasil foi rebaixado para a Série A2, e o time de Bragança Paulista jogará a Série A1.

Foto: Reprodução / Twitter (@bragantino_real)

A decisão foi apresentada durante o congresso técnico que definiu os grupos do Paulistão de 2020. No lugar do Red Bull jogará o Água Santa, que ficou em terceiro lugar na A2 em 2019.

Pelo sorteio, o Bragantino caiu no Grupo D da competição, encabeçado pelo Corinthians e que ainda conta com Ferroviária e Guarani. O Grupo A é composto por Santos, Ponte Preta, Oeste e Água Santa, enquanto o Grupo B possui Palmeiras, Novorizontino, Botafogo e Santo André, e o Grupo C tem São Paulo, Ituano, Mirassol e Inter de Limeira.


Notícia Red Bull Red Bull Brasil Bragantino Paulistão Série A1 Série A2 regulamento lei gestão estratégia