Neymar, em treino pela seleção brasileira de futebol

Neymar, em treino pela seleção brasileira de futebol

A parceria que entre Neymar e Santos, que manteve o jogador na Vila e longe de Chelsea no meio do ano, fechou contrato com a primeira empresa: a Red Bull, que investe constantemente na associação de sua marca ao esporte.

Ainda sem anúncio oficial, os detalhes do acordo são mantidos em sigilo pelas partes envolvidas na negociação. O que se sabe é que Neymar, que já é o rosto da Panasonic e da Seara, agora representará a Red Bull no Brasil.

Entre julho e agosto, Santos e Neymar receberam proposta de 35 milhões de euros pelos direitos do jogador. A negativa surgiu após a proposta do clube, que pagaria o teto de salário, mas seria parceiro na captação de parceiros comerciais. A união renderia um pagamento de R$ 500 mil mensais ao atacante.

Como o nome até em equipe de Fórmula 1, a Red Bull avançará no futebol brasileiro com a presença de Neymar. Hoje, a empresa mantém uma equipe que jogará na Série A2 do Campeonato Paulista. Caso suba, poderá ver o time que carrega seu nome enfrentando seu garoto-propaganda.


Notícia Santos Red Bull Futebol Nacional Santos Atletas