A Rede Record soltou um comunicado oficial para “manifestar surpresa diante da informação que o Sport Club Corinthians Paulista assinou contrato concedendo a outra emissora de televisão os direitos de transmissão em TV aberta, fechada, pay-per-view, internet e celular pelos próximos quatro anos”.

Nesta terça-feira, o Corinthians anunciou que fechou contrato com a Rede Globo, mesmo após receber uma proposta oficial da Record para os direitos de televisão aberta, no valor de R$ 100 milhões.

Segundo a emissora paulista, o clube jamais a procurou após o anúncio público da proposta e fechou com a Globo sem negociar “qualquer uma das cláusulas apresentadas”. A Record ainda criticou o fato de o Corinthians não ter revelado o valor aceito para que o contrato fosse fechado e salientou que permanece na espera pelo Flamengo:

“Assim, cabe ressaltar, sempre com total e absoluta transparência, sem a suposta cortina de fumaça da dita confidencialidade, que nossa proposta está mantida em R$ 100 milhões pelos direitos de televisão aberta para o Clube de Regatas Flamengo”.

A Record negou que a sua proposta ferisse a legislação atual, como havia afirmado o Corinthians em seu comunicado oficial. Segundo o clube, “a proposta pública feita pela TV Record exige do Corinthians algo que, segundo a lei vigente, o clube não tem o direito de comercializar”, referindo-se ao direito de arena, já que o clube não pode vender seus jogos como mandante sem o direito do time adversário estar acertado com a mesma emissora.


Notícia Globo Record Mídia Corinthians