Os e-Sports não param de ganhar seguidores pelo mundo afora. E cada vez mais clubes também aderem ao movimento. Dessa vez, foi o Real Madrid, considerado por muitos como o maior clube do mundo, que anunciou a criação de uma arena de e-Sports dentro do Santiago Bernabéu, estádio do clube e um dos mais icônicos do futebol mundial.

Foto: Reprodução / YouTube (Real Madrid)

A nova instalação faz parte do projeto de reforma do estádio que os merengues começarão em 2019 e que deverá custar cerca de US$ 617 milhões aos cofres do clube. O objetivo é que, reformado e mais moderno, o Santiago Bernabéu fature algo em torno de US$ 176 milhões a mais por ano depois que as obras terminarem. Isso porque, além da arena de e-Sports, o clube ainda construirá um espaço para eventos.

Vale ressaltar, no entanto, que, diferentemente de muitos clubes europeus, o Real Madrid ainda não se aventurou no mundo dos jogos eletrônicos e não possui uma equipe. Especula-se, no entanto, que, com a arena pronta, os merengues repensem a ideia e anunciem um time de e-Sports.

Em maio, o Real Madrid foi forçado a negar que estava entrando no mundo dos jogos eletrônicos depois de um falso post na rede social chinesa Weibo. A mensagem afirmava que a equipe espanhola queria participar do torneio Fifa On-line 4, uma competição gratuita para atrair a atenção dos fãs asiáticos.

O vídeo abaixo, postado pelo clube espanhol em suas redes sociais, mostra tudo que será feito durante a reforma, inclusive uma cobertura impressionante. É possível perceber, a partir dos 2:13, uma disputa de futebol virtual em um "novo espaço de lazer e entretenimento".


Notícia Real Madrid e-Sports jogos eletrônicos Santiago Bernabéu reforma marketing mercado mídia