Para a audiência da Globo ao longo da Libertadores, a queda do Corinthians nesta quarta-feira (12) para o Guaraní, do Paraguai, não é uma boa notícia. Isso ficou claro após a audiência alcançada pela emissora carioca no jogo que decretou a eliminação corintiana do principal torneio sul-americano de clubes em 2020.

Em São Paulo, a Globo marcou 31 pontos de audiência com 48% de participação. O número ficou bem próximo do último jogo do Flamengo às quartas-feiras pelo torneio no ano passado (semifinal diante do Grêmio), que alcançou 32 pontos com 48% de participação. Com relação à final do ano passado entre Flamengo e River Plate, que foi disputado em um sábado, foram dois pontos e 6% de participação a menos.

Vale a observação, claro, que o Flamengo possui uma torcida muito maior no Rio de Janeiro do que em São Paulo. No entanto, também vale a ressalva de que a semifinal e a final são as fases mais agudas da competição, diferentemente da partida desta quarta-feira (12) que se tratava de uma fase pré-grupos da competição.

Foto: Reprodução / Twitter (@LibertadoresBR) 

Para o Rio de Janeiro, a Globo transmitiu a partida entre Altos (PI) e Vasco, válida pela primeira fase da Copa do Brasil. Foram 23 pontos de audiência com 36% de participação no jogo que garantiu a classificação vascaína após um empate por 1 a 1 em campo.

Segundo a medição do Ibope, cada ponto de audiência alcançado equivale a 73.015 residências (ou 200.766 pessoas) na Grande São Paulo. No Rio de Janeiro e região metropolitana, cada ponto é equivalente a 46.175 residências (ou 118.440 telespectadores).


Notícia Globo Corinthians Libertadores eliminação mídia transmissão audiência TV aberta