O Paris Saint-Germain usou o Super Bowl, jogo decisivo da temporada do futebol americano nos Estados Unidos, para vender uma camisa do time ao estilo de uma equipe da NFL. A ideia foi aproveitar a repercussão e o dinheiro envolvidos no jogo, um dos eventos esportivos de um dia mais assistidos do mundo. 

Foto: Divulgação

Lançado em novembro do ano passado, o modelo foi posto à venda pela loja on-line do clube na manhã da final, neste domingo (3). O escolhido para ser o dono da camisa estilizada foi o camisa 10 do time, o brasileiro Neymar. 

Quanto ao preço, o PSG pediu a bagatela de € 110 (cerca de R$ 450). E, achando cara ou não, o público não quis saber e simplesmente esgotou o estoque até a hora do jogo vencido pelo New England Patriots sobre o Los Angeles Rams.

Vale ressaltar que a fornecedora de material esportivo do clube francês é a Nike, mesma fabricante que detém os direitos sobre os uniformes das 32 equipes que disputam a NFL.


Notícia Neymar Paris Saint-Germain PSG Super Bowl NFL Nike camisa marketing patrocínio mercado