O Corinthians decidiu criar um modelo de camisa branca para ser vendido ao seu torcedor em que todos os patrocinadores tenham suas marcas estampadas em preto. A ideia de fazer o modelo monocromático foi uma forma de reduzir o atrito com torcedores pela poluição visual no uniforme.

O clube joga hoje com dez patrocinadores diferentes estampados em sua camisa. O excesso de marcas tem incomodado os torcedores. Daí surgiu a ideia de fazer o uniforme diferente daquele utilizado pelos atletas, mas que pode cair no gosto dos torcedores. Os lojistas da rede "Poderoso Timão" foram comunicados de que eles não serão obrigados a trocar as peças disponíveis com os logos coloridos, mas poderão encomendar o novo uniforme com a Nike, fornecedora das peças.

LEIA MAIS: Corinthians lota a camisa e quase dobra receita com patrocínio

Nova camisa do Corinthians em P&B / © Divulgação

"A maioria dos nossos patrocinadores tem aplicação de marca em preto e branco. Todos aprovaram que seja feita a camisa de venda dessa forma. Eu também já estive do outro lado da mesa e entendo que isso descaracteriza a marca deles. Mas chegamos a um consenso nesse sentido", afirmou Caio Campos, superintendente de marketing do Corinthians, ao site "Globoesporte.com".

O uniforme de jogo, porém, continuará com a ser o que tem as empresas estampando as suas logomarcas originais. Isso, segundo Campos, pode até ser um dificultador para a venda do modelo em branco e preto emplacar com força nas lojas.

"O torcedor quer a camisa que o time está jogando, a colorida, não a branco e preto. Eu até vou ter a disponibilidade na loja para vender com os logos P&B, mas o torcedor, na hora de comprar, quer a do jogo. Ele sabe que é feio, mas quer a do jogo. É a que ele está vendo na televisão", completou o executivo ao GE.com.


Notícia Marketing Patrocínio Corinthians BMG