A partir desta semana, a ESPN começou a exibir em sua programação pílulas de videoaulas do game League of Legends em parceria com o Banco do Brasil, marca patrocinadora do conteúdo original que será exibido na íntegra pela Playerlink, plataforma on-line que conecta e disponibiliza conteúdo para jogadores, fãs e entusiastas do mercado de e-Sports. 

O projeto customizado para o banco conta com 36 aulas que serão veiculadas na TV e na plataforma digital até o final do ano. Referências quando o assunto é League of Legends e recém-campeões brasileiros da modalidade pelo Flamengo, os atletas profissionais Felipe "brTT" Gonçalves e Leonardo "Robo" Souza serão os responsáveis por conduzir as videoaulas divididas por níveis de habilidade. 

Dois torneios competitivos de League of Legends serão organizados na iniciativa, com premiação em dinheiro ou produtos periféricos. As finais serão transmitidas ao vivo pelo YouTube e pela plataforma da Playerlink, contando com a presença de um narrador e de um comentarista da equipe da ESPN. Tudo isso para que o banco consiga se aproximar do público jovem.

Foto: Divulgação / ESPN

A parceria com o Banco do Brasil contemplou ainda a cobertura da emissora à Brasil Game Show, maior feira do mercado de games e e-Sports do mercado brasileiro. O evento, que teve início na última segunda-feira (9) e termina nesta sexta-feira (13), contou com patrocínio diamante do Banco do Brasil. A instituição financeira teve um estande de 500m² na feira, incluindo um quarto gamer em que foram realizadas partidas "Você versus Pro", jogo de realidade virtual e ativações da franquia Star Wars.

Primeiro canal esportivo do Brasil a contar com programação voltada especificamente aos e-Sports, a ESPN é considerado o canal por assinatura com maior afinidade junto ao público gamer, segundo uma pesquisa da TGI Brasil feita no ano passado. Além de contar com programas específicos para a modalidade em sua grade de programação, a emissora já exibiu transmissões de Dota 2, Clash Royale, NBA 2K, Madden, FIFA 19, Rocket League e Overwatch em 2019.


Notícia ESPN Banco do Brasil Playerlink e-Sports transmissão mídia plataforma videoaula estratégia mercado público jovem