Na semana passada, a Heineken, dona do title sponsor do GP do Brasil de F1, anunciou Ayrton Senna como foco das ativações da marca para a prova em 2019. Agora, os resultados de uma pesquisa de mapeamento completo sobre a imagem do ex-piloto feita pela Kantar Ibope surgem para comprovar que a estratégia da cervejaria holandesa em cima do tricampeão mundial falecido há 25 anos é mais do que justificada.

LEIA MAIS: Heineken recorre a Ayrton Senna para ativar GP Brasil de F1

LEIA MAIS: Análise: Senna ainda é porto seguro para marcas no Brasil 

Dados da pesquisa Celeb Score e Social Media Intelligence revelaram que Ayrton Senna tem 96,1% de conhecimento entre o universo de internautas brasileiros com 16 anos ou mais. Ou seja, a cada dez internautas brasileiros, praticamente todos o reconhecem, independentemente de idade, região, renda ou gênero, inclusive aqueles que nem eram nascidos em 1994, ano da morte do piloto.

Para se ter uma ideia, Ayrton Senna se destaca no topo entre todos os atletas avaliados na pesquisa, acima inclusive de Neymar e a apenas um ponto percentual de Pelé, ficando, assim, em segundo lugar. Tecnicamente, devido à margem de erro da pesquisa de três pontos percentuais para mais ou para menos, pode-se afirmar que Senna e Pelé empatam tecnicamente na liderança do nível de reconhecimento entre celebridades esportivas brasileiras.

Vale dizer que nenhum outro atleta após Senna, incluindo Neymar, possui o mesmo índice de reconhecimento. A conclusão da pesquisa é de que os números são "verdadeiramente notáveis, se levarmos em conta a enorme vantagem que os atletas atuais possuem pela enorme exposição na era digital".

Foto: Reprodução

"Dois fatores principais, entre outros, contribuem para a imagem do Senna em nosso país e mesmo globalmente. Primeiro, tanto em vida quanto após sua morte, Senna é considerado um dos melhores, senão o melhor piloto de F1 de todos os tempos. Portanto, sua morte, no auge da carreira, cristalizou, para sempre, a imagem de campeão. Segundo, Senna foi tanto um campeão nas pistas quanto fora delas. Sua constante preocupação com a educação brasileira, legado continuado brilhantemente pelo Instituto Ayrton Senna, sua preocupação com os problemas sociais do Brasil, assim como sua personalidade envolvente geraram uma imagem poderosa, cristalizada no coração das pessoas. Os resultados das pesquisas vêm justamente comprovar cientificamente o consenso e a força da sua imagem, que ainda é tão presente no imaginário popular", explicou José Colagrossi, diretor executivo do Ibope Repucom, unidade do grupo Kantar.

Com relação ao perfil demográfico, tanto homens como mulheres reconhecem a imagem do tricampeão mundial igualmente. Dentre os que conhecem o ex-piloto, 47% possuem mais de 40 anos e são principalmente das regiões Sudeste e Sul do país. O reconhecimento de Senna ainda é bem distribuído entre todas as faixas de renda, o que mostra que se trata de uma personalidade conhecida por toda a população, independentemente do nível de renda.

Por último, a pesquisa revelou que o nível de interesse por Ayrton Senna é de 67.8 pontos, nota que supera os resultados de absolutamente todas as celebridades avaliadas. A conclusão é de que o ex-piloto, mesmo após 25 anos de sua morte, segue como a personalidade esportiva que gera maior nível de interesse do país. A consequência disso é a escolha de Senna invariavelmente para ações sociais, contratos comerciais e parcerias de cobranding.


Notícia Ayrton Senna reconhecimento mídia digital personalidade esportiva Kantar Ibope pesquisa Pelé Neymar