A Penalty aproveitou o congresso técnico realizado pela Federação Paulista de Futebol (FPF), nesta terça-feira (22), para apresentar a bola que será usada na disputa do Paulistão Sicredi 2020. A S11 Ecoknit manteve o viés ecológico pela qual ficou conhecida no ano passado, mas passou a ter um maior número de gomos.

LEIA MAIS: No meio do torneio, Paulistão fecha title sponsor com Sicredi 

Desenvolvida pela Penalty em parceria com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), a bola novamente surge revestida por tecido ecológico confeccionado a partir de garrafas PET recicladas. No entanto, com o intuito de aumentar a precisão e a velocidade da S11 Ecoknit, a marca decidiu apostar em 14 gomos no lugar dos 11 do modelo anterior.

Foto: Divulgação / Penalty

"Todas as oportunidades de melhorias foram analisadas para o desenvolvimento da versão 2020 da S11 Ecoknit", afirmou Nilton Franco, gerente executivo de produto da Penalty. Segundo ele, a nova bola recebeu aprovação nos quesitos maciez, precisão, velocidade e controle.

De acordo com a marca, o novo modelo passou por diversos testes, inclusive por um túnel de vento que comprovou um melhor desempenho aerodinâmico. Além disso, também foi a campo e recebeu feedbacks de atletas e clubes até chegar ao resultado final.

Em relação ao design, a ideia da Penalty é enfatizar o apelo ecológico do produto, valorizando material, textura e a representação estilizada das setas de reciclagem. Com fundo branco, a bola traz detalhes geométricos mais clássicos em azul-marinho e laranja-flúor, cores que destacam a visibilidade tanto para quem está no estádio como para quem assiste aos jogos pela televisão.

A partir de novembro, a S11 Ecoknit, que também será utilizada na Copa São Paulo de Futebol Júnior, estará disponível em lojas esportivas de todo o país e no e-commerce da Penalty. A marca espera um crescimento de 10% no volume de vendas em relação ao modelo anterior. O preço sugerido da versão 2020 é R$ 499.


Notícia Penalty Paulistão S11 Ecoknit bola velocidade precisão gomos viés ecológico mercado marketing patrocínio