Paraná entrará na bolsa de valores

Paraná entrará na bolsa de valores

O Paraná entrará na bolsa de valores. O clube se tornou sócio majoritário da Atletas Brasileiros S/A, empresa criada em 2010, e colocará os direitos econômicos de seus jogadores como capital da companhia.

Segundo o Vladimir Carvalho, vice-presidente de marketing do Paraná, a nova investida tem como objetivo impulsionar as finanças do clube. “Quando o time precisar de recursos, poderá vender algumas parcelas dos direitos de seus jogadores e não o atleta inteiro”, comentou.

O Paraná não revelou quanto investiu para se tornar sócio da Atletas Brasileiro S/A e nem quanto valem os direitos de seus jogadores atualmente. Os detalhes serão divulgados no lançamento do projeto, que deverá acontecer dentro de um mês, sem data exata definida.

De acordo com Vladimir Carvalho, o valor dos direitos econômico dos jogadores pode ser calculado de duas formas: pelo valor da multa rescisória do atleta ou pelo valor de mercado do esportista. O Paraná definirá o “preço” de seus jogadores por meio da segunda opção.

Os lucros de uma eventual venda dos direitos de um jogador serão divididos entre Paraná e Atletas Brasileiros S/A, de acordo com a porcentagem que cada um tem da empresa.

No Brasil, Fluminense, Vasco, Bahia e Coritiba já tentaram entrar na bolsa de valores, mas não obtiveram sucesso com “aventura”. No exterior, a prática é mais frequente. O Manchester United é um dos exemplos mais lucrativos. O clube aumentou cerca de cem vezes o seu valor em uma década.


Notícia Paraná Clube Gestão