Fotos: Reprodução / Vatican News

O Papa Francisco ganhou, nesta quarta-feira (17) um presente da família Senna. O pontífice recebeu um busto de bronze com o rosto do tricampeão mundial de Fórmula 1 das mãos da sobrinha do ex-piloto e atual diretora do Instituto Ayrton Senna (IAS), Bianca Senna, em plena Praça de São Pedro, no Vaticano.

Batizada de "Meu Ayrton", a escultura foi produzida por outra sobrinha de Ayrton, a artista plástica Paula Senna, que é irmã de Bianca e também do piloto Bruno Senna, como resultado de um pedido da mãe do ex-piloto, Neyde Senna. O processo de criação e execução da obra teve início em 2016.

"Recebi com muito orgulho a missão dada pela minha avó, que quis retratar de forma carinhosa a maneira como ele era lembrado pela família. Aceitei o desafio, mesmo reconhecendo a dificuldade da tarefa: pouquíssimas obras deste tipo eram aprovadas por nossos familiares, em especial por minha avó", revelou Paula, em declaração divulgada pelo site Vatican News.

A obra, que ficará exposta no Museu do Vaticano, possui a inscrição "Ayrton Senna da Silva – Campeão Mundial de Fórmula 1 e Seguidor de Deus".

A escultura faz parte de uma série de homenagens programadas para lembrar os 25 anos da morte do ex-piloto, que o próprio Instituto Ayrton Senna prefere chamar de legado do tricampeão mundial. O principal destaque será o Festival Senna Day, evento com diversas atrações e tributos a Ayrton Senna, que será realizado no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, justamente na fatídica data de 1º de maio.


Notícia Ayrton Senna Papa Francisco busto bronze homenagem legado Paula Senna Bianca Senna Neyde Senna Vaticano