A Liga Alemã de Futebol (DFL), órgão responsável pela organização das duas principais divisões de futebol da Alemanha (Bundesliga e Bundesliga 2), anunciou, nesta quarta-feira (25), a ampliação da suspensão dos dois torneios. A paralisação, que estava prevista até o dia 3 de abril, foi prorrogada pelo menos até 30 de abril, mas a intenção ainda é terminar a temporada até 30 de junho, como previsto desde o primeiro adiamento.

LEIA MAIS: Coronavírus: veja cronologia da pandemia no esporte mundial

"O objetivo da DFL é focar em enfrentar os desafios atuais primeiro. Queremos manter a previsão apenas se for legalmente permitido e seguro fazê-lo. A DFL está atualmente trabalhando intensamente em ideias para jogar partidas sem espectadores no estádio e com uma força de trabalho mínima nas áreas esportiva, de organização geral e de mídia. Apenas funcionários cujas funções são imprescindíveis estariam presentes nos locais de jogos", afirmou a entidade.

Foto: Reprodução / Twitter (@DFL_Official)

Em uma reunião realizada por videoconferência, ficou decidido também que o processo de vendas de direitos de mídia para o próximo ciclo, de 2021/2022 a 2024/2025, que começaria em maio, terá início apenas em junho. A DFL quer elevar os valores que recebe com mídia doméstica, atualmente em € 1,16 bilhão anuais, da Sky Deutschland (televisão) e do DAZN (streaming).

O objetivo é que o próximo "concurso" tenha sete pacotes de direitos ao vivo e sete pacotes de direitos de highlights (melhores momentos), além de uma oferta digital aprimorada nos pacotes de televisão paga ao vivo, incluindo clipes de áudio e vídeo dos jogos, bem como imagens de destaque que podem ser usadas imediatamente após o apito final.

As definições de novos adiamentos surgem após notícias de alastramento do coronavírus no país. Nesta quarta-feira (25), a Alemanha já contabilizava mais de 31.500 casos confirmados, sendo mais de 4.100 deles nas últimas 24 horas. De acordo com dados divulgados pelo Instituto Robert Koch, a agência federal de saúde do país, a doença já fez 149 vítimas desde o início da crise.


Notícia Coronavírus Covid-19 pandemia adiamento gestão Bundesliga DFL direitos transmissão mídia mercado