Diferentemente de 2015, quando os Jogos Pan-Americanos de Toronto foi precedido de uma série de campanhas de mídia e ativação de marca promovidas pelas empresas, o Pan de Lima (Peru), que começa a partir do próximo dia 26 de julho motivou apenas agora as empresas a voltarem a comunicar suas ações no esporte. Depois de um longo tempo sem grandes ações, Bradesco e Petrobras fizeram na terça-feira (16) evento com seus atletas.

A companhia estatal recebeu, em sua sede, no Rio de Janeiro, 7 dos 25 atletas que formam o "Time Petrobras". Isaquias Queiroz (Canoagem), Daniel Dias (Natação Paralímpica), Marcus D'Almeida (Tiro com Arco), Beatriz Ferreira (Boxe), Maicon Andrade (Taekwondo), Petrúcio Ferreira e Silvânia Costa (Paratletismo) estiveram junto com executivas da companhia para falar sobre o evento e o patrocínio.

Atletas patrocinados pela Petrobras se reúnem com executivas da estatal no Rio - Foto: Divulgação/Petrobras

"A exemplo da nossa empresa, que tem uma trajetória de desafios, superação e conquistas, nosso time reúne também atletas que, com muita garra e determinação, venceram desafios pessoais e competições esportivas", afirmou em nota Anelise Quintão Lara, diretora executiva de Refino e Gás Natural da Petrobras.

Já o Bradesco abriu as portas do Inovabra, ambiente de inovação mantido pelo banco em São Paulo, para receber atletas das confederações patrocinadas pela instituição. Representantes do rúgbi, da vela e do judô estiveram presentes para realizar entrevistas com a imprensa poucos dias antes do embarque para Lima.

As duas empresas foram uma das poucas marcas brasileiras que estiveram vinculadas às Olimpíadas do Rio 2016 que seguem com patrocínio no esporte. Claro, NET, Embratel, Skol e Correios desmantelaram seus projetos esportivos pós-2016.


Notícia Marketing Patrocínio Pan-2019 Bradesco Petrobras