O Itaú BBA, maior banco corporativo e de investimentos da América Latina, divulgou seu estudo anual sobre as finanças dos 27 clubes de maior faturamento do país. Segundo levantamento realizado pelos analistas do Banco, Palmeiras e Flamengo vivem uma espécie de "universo paralelo" no país, concentrando quase 1/4 das receitas dos times mais ricos.

O clube paulista gerou em 2018 uma receita total de R$ 654 milhões, enquanto os cariocas arrecadaram R$ 536 milhões. Os R$ 1,1 bilhão que eles somaram juntos representam 24% das receitas totais dos 27 clubes analisados.

"Há um descolamento de Palmeiras e Flamengo, eles jogam uma liga diferente do ponto de vista financeiro. Há uma boa distância que deve aumentar nos próximos anos, porque o contrato da TV, por exemplo, fica maior por desempenho e número de jogos na TV aberta. Com o clube bem financeiramente, tende aumentar o desempenho e consequentemente a quantidade de jogos transmitidos", afirmou César Grafietti, consultor do Itaú BBA e responsável pelo estudo.

Grafietti ainda disse não acreditar que aconteça no Brasil o mesmo que acontece na Espanha, onde apenas dois clubes são protagonistas dos campeonatos locais, pois segundo o levantamento do Itaú BBA, dois clubes possuem potencial para alcançar o mesmo patamar de Palmeiras e Flamengo, justamente os dois principais rivais do time paulista, Corinthians e São Paulo, terceiro e quarto no ranking de arrecadações.

Os quatro clubes representam também as quatro maiores torcidas do país, que somadas alcançam aproximadamente 100 milhões de brasileiros.

Confira abaixo o ranking completo de receitas:


Notícia Gestão Marketing Patrocínio Palmeiras Flamengo Itaú BBA