A Nike decidiu usar o basquete de rua para ativar o patrocínio à seleção brasileira da modalidade. No próximo dia 1°, a marca americana vai promover em São Paulo a última etapa do Nike Battle Force, evento que foi realizado em diversos pontos da capital paulista para promover o calçado icônico de basquete Air Force 1, sucesso da marca no mercado americano nos anos 1980.

A empresa fará o evento num espaço fechado na Vila Leopoldina. A ideia é reforçar a cultura urbana a partir da presença de ícones do movimento rap, como a cantora Karol Conka, além de promover uma batalha entre cantores.

Foto: Divulgação

A marca ainda aproveitará o evento para ativar a seleção masculina da modalidade, que é patrocinada pela Nike e está na disputa das eliminatórias da Copa do Mundo de 2019. Os jogadores da seleção vão realizar um treino aberto ao público. 

O evento reforça o novo posicionamento da Nike na ativação de seus patrocínios. Desde o ano passado, a marca tem procurado atrelar as ações a movimentos relacionados à cultura urbana. Foi assim, por exemplo, que a marca usou o conceito de "Brasileiragem" para ativar a seleção brasileira de futebol que jogou a última Copa do Mundo. A apresentação do uniforme, aliás, foi feita num evento na avenida Paulista, com a presença de ex-jogadores do Brasil e atletas famosos. Depois, durante o Mundial, foi criada uma casa que exaltava a cultura do futebol.

O mesmo conceito é, agora, transferido ao basquete. Atletas-símbolo da modalidade, como Magic Paula e Janeth estarão presentes por meio de alunos de seus institutos. A marca ainda promoverá a venda e a customização de calçados no local.


Notícia Nike basquete patrocínio ativação marketing estratégia mercado conceito promoção cultura urbana seleção brasileira