O que era apenas uma possibilidade há dois meses virou certeza nesta quinta-feira (28). Londres deixará de ser a "casa" da NBA fora dos Estados Unidos na próxima temporada. Quem substituirá a capital inglesa será a capital francesa, Paris, que receberá uma partida da temporada regular da liga americana de basquete pela primeira vez no dia 24 de janeiro de 2020.

A decisão põe fim a uma parceria da NBA com a O2 Arena, em Londres, que sediou jogos da liga desde 2011. Como a imprensa europeia já vinha especulando, o local escolhido em Paris foi a recém-reformada AccorHotels Arena, antiga Bercy Arena. Os responsáveis por protagonizar a estreia da NBA na Cidade Luz também já estão definidos: Charlotte Hornets e Milwaukee Bucks.

Foto: Reprodução / Site (nba.com)

"O Charlotte Hornets está orgulhoso de ter a oportunidade de participar do primeiro jogo da temporada regular da NBA em Paris. Tendo jogado na pré-temporada na França durante minha carreira, testemunhei em primeira mão a paixão dos torcedores franceses pelo basquete da NBA. Estamos empolgados em trazer nossa equipe para Paris para este evento histórico", afirmou Michael Jordan, para muitos especialistas o maior jogador da história do basquete mundial e atual presidente do Hornets.

"Estamos honrados por termos sido selecionados para jogar o primeiro jogo da temporada regular da NBA em Paris. Jogar em uma das grandes cidades da Europa auxilia no nosso objetivo de ampliar a marca global dos Bucks", acrescentou Wes Edens, coproprietário do Bucks.

"Nosso NBA Paris Game mostrará o crescimento global contínuo do basquete em uma das maiores cidades do mundo. Com a França liderando um número recorde de jogadores europeus no campeonato, estamos ansiosos para reunir os fãs de basquete de todo o continente para o primeiro jogo de temporada regular da NBA em Paris", disse Adam Silver, comissário da liga de basquete.

A partida será a segunda do Charlotte Hornets em Paris, já que a equipe fez um jogo de pré-temporada na cidade em 1994, diante do Golden State Warriors. O Milwaukee Bucks, por sua vez, nunca foi à capital francesa para jogar. O duelo terá transmissão da BeIN Sports, parceira da NBA na França.


Notícia NBA Paris basquete visibilidade marketing temporada regular mercado estratégia