A Nascar deverá divulgar nos próximos dias um acordo de patrocínio com a empresa de seguros de automóveis americana Geico. O anúncio servirá como "abre-alas" da principal categoria do automobilismo americano a uma nova estratégia comercial que busca um modelo de parcerias em camadas. As informações são do Sports Business Journal (SBJ).

De acordo com a publicação, a ideia vem desde abril, quando a Nascar rejeitou uma proposta de renovação do title sponsor da Nascar Cup Series feita pela marca de bebidas energéticas Monster Energy. O objetivo, desde então, é deixar de ter apenas um patrocinador principal para dividir as parcerias em camadas e, assim, conquistar acordos entre US$ 15 milhões e US$ 20 milhões por ano.   

Foto: Reprodução / Twitter (@NASCAR)

A Máquina do Esporte falou sobre o assunto ainda em dezembro do ano passado, com informações da ESPN. À época, a categoria já tinha o intuito de fazer mudanças em sua estratégia de patrocínio. Alguns detalhes foram modificados, mas, no geral, o foco vem sendo mantido.

Segundo o SBJ, há ainda negociações em andamento com diversas empresas. No caso da Geico, o contrato concederia à companhia de seguros uma série de ativos, incluindo os da própria Nascar e também dos parceiros de mídia da categoria em território americano, a NBC e a Fox Sports.

Se for confirmada, a parceria ampliaria o relacionamento da Geico com a Nascar depois que a empresa se tornou parceira oficial de seguros da categoria em um contrato “de vários anos” assinado no último mês de março.


Notícia Nascar Geico automobilismo estratégia comercial patrocínio modelo marketing mudança