A Red Bull anunciou nesta quarta-feira (5) a renovação do contrato de patrocínio com a marca suíça de relógios de luxo TAG Heuer. Agora, o relacionamento, que teve início em 2016, está garantido até o final de 2021. Os valores não foram revelados.

Pelo novo acordo, a TAG Heuer permanece como cronometrista e também fornecedora de relógios oficial da escuderia austríaca, que terminou a temporada 2018 na terceira colocação no Mundial de Construtores da Fórmula 1, atrás de Mercedes e Ferrari. A marca seguirá tendo visibilidade nos carros (bico e capa do motor) e também nos macacões dos pilotos da equipe.

Foto: Reprodução / Twitter (@TAGHeuer)

"Nas últimas três temporadas, o nome TAG Heuer se tornou profundamente vinculado aos esforços da equipe, por meio da marca de nossas unidades de energia e também pela excepcional visibilidade global da empresa. O nome da TAG Heuer tem uma herança notável na Fórmula 1, remontando à época de ouro das corridas da categoria, e estamos orgulhosos de ter uma parte nessa história contínua. Acredito que a equipe e a TAG Heuer estão unidas em um objetivo comum, uma busca incansável de precisão e perfeição, e estou ansioso para continuar essa busca nos próximos anos", afirmou Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull.

"Ninguém melhor do que a Aston Martin Red Bull Racing, com sua equipe jovem e empolgante, sua abordagem pouco convencional à Fórmula 1, e suas incríveis experiências e registros nos circuitos ilustram melhor o nosso lema 'Não quebre sob pressão'. Era evidente para mim que a incrível ligação entre a TAG Heuer e a Fórmula 1 tinha que continuar com essa parceria com a Red Bull", declarou Stéphane Bianchi, CEO da TAG Heuer.

Com o novo acordo, a marca de relógios de luxo segue com um extenso portfólio de patrocínios no automobilismo mundial, que inclui acordos com a Fórmula E, o Campeonato Mundial de Carros de Turismo e a Indy500 (500 Milhas de Indianápolis).


Notícia Red Bull TAG Heuer relógio escuderia patrocínio marketing F1 Fórmula 1