A Motorola decidiu usar o Rio Open como plataforma para exposição do primeiro celular da marca com tela dobrável. A empresa será patrocinadora da competição pela primeira vez e usará o espaço dentro da área de relacionamento do complexo do torneio de tênis para expor o novo Motorola Razr, que iniciou a pré-venda no Brasil na última quinta-feira (6).

Assim como revolucionou o mercado de celulares há 25 anos com o lançamento do Startac, o primeiro aparelho que era dobrável, reduzindo o tamanho dos modelos que eram ofertados ao mercado, a Motorola aposta no celular com a tela dobrável para mudar de novo o hábito de consumo.

Foto: Divulgação / Motorola

O problema, porém, ainda é o preço do produto. O smartphone tem preço sugerido de R$ 8.999. Por isso mesmo, a marca decidiu testar a novidade dentro do Rio Open. O torneio de tênis será usado para reforçar a volta da Motorola ao segmento premium, dominado por Apple e Samsung.

"Queremos oferecer a experiência exclusiva de interagir com o nosso mais novo lançamento premium, que também é a reinvenção de um ícone da moda e de lifestyle que marcou toda uma geração. A escolha de expor o produto em um evento como o Rio Open faz parte da estratégia da Motorola em investir nesse segmento", afirmou Juliana Mott, head de marketing da Motorola, em comunicado para a imprensa.

O Rio Open terá início neste sábado (15), com o qualifying. A chave principal começa na próxima segunda-feira (17) e seguirá até o dia 23 de fevereiro, data da final. O torneio brasileiro é o único da categoria ATP 500 disputado na América do Sul.


Notícia Rio Open Motorola Motorola Razr smartphone tênis estratégia comercial marketing segmento premium tela dobrável patrocínio