A MotoGP, categoria mais importante do motociclismo mundial, pode voltar a ter uma prova no Brasil em 2021. Neste último final de semana, a Dorna Sports, promotora do campeonato, assinou um acordo preliminar com a Rio Motorsports para uma prova que seria disputada em um autódromo a ser construído no Rio de Janeiro e já citado pela Máquina do Esporte.

“As pessoas do Rio sempre receberam os eventos da MotoGP com grande entusiasmo. Estamos satisfeitos com o sério interesse da Dorna em voltar ao Brasil e sua confiança em promover a corrida na pista que esperamos que seja construída na cidade. O Rio de Janeiro tem vocação para receber grandes eventos de automobilismo, com o mesmo nível de conhecimento demonstrado em grandes eventos esportivos e culturais realizados na cidade”, declarou JR Pereira, COO da Rio Motorsports.

Foto: Reprodução / Site (motogp.com)

“Gostaríamos de ver o retorno da MotoGP ao Brasil, e este memorando de entendimento é uma notícia fantástica para os fãs do campeonato e da América do Sul. Nós temos um esporte verdadeiramente global, paddock e grade, e adicionar outro país ao nosso calendário, especialmente um como o Brasil, é sempre algo para se aspirar. Seria um prazer para a MotoGP correr num país e continente conhecido pela sua paixão e atmosfera incrível”, avaliou Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna Sports.

A Rio Motorsports já está trabalhando com investidores locais e internacionais com o objetivo de construir um novo circuito para substituir o autódromo de Jacarepaguá, que foi desmantelado em parte para os Jogos Pan-Americanos de 2007 e fechado de vez para dar lugar ao Parque Olímpico utilizado nos Jogos Olímpicos de 2016.

Se tudo correr como previsto, a construção começará no início de 2019 e deverá ser concluída no final de 2020. Uma das principais prerrogativas do projeto é não utilizar dinheiro público para erguer o novo autódromo.

Caso o acordo preliminar se confirme, a MotoGP voltaria ao Brasil após 17 anos. Entre 1995 e 2004, foi justamente o autódromo de Jacarepaguá que recebeu a principal categoria do motociclismo mundial no Brasil.


Notícia MotoGP motociclismo marketing Rio de Janeiro autódromo Jacarepaguá mercado gestão