A MLB pode seguir os passos da NBA e passar a aceitar patrocínios de camisa a partir de 2022. A informação foi dada pela própria liga americana de beisebol em uma entrevista do vice-presidente executivo de negócios e vendas da MLB, Noah Garden, ao SportsBusiness Journal (SBJ). O executivo disse que os patrocínios "não serão imediatos", mas "são inevitáveis no futuro".

Logo na sequência da revelação, um estudo da Nielsen foi destacado pela Adweek, publicação semanal dos Estados Unidos que tem como foco as áreas de comércio, negócio e publicidade. Segundo a Nielsen, os logotipos das marcas nas camisas das equipes da MLB apareceriam três vezes mais do que aparecem nas camisas das franquias da NBA.

A conclusão foi possível graças aos dados coletados nos últimos jogos internacionais realizados pela liga de beisebol em Londres e Tóquio. Nas partidas realizadas fora dos EUA, as equipes receberam autorização de estampar marcas nas camisas em moldes muito parecidos com os aceitos pela NBA.

Camisa do Oakland Athletics com o patrocínio da MGM no braço para o giro da MLB no Japão (Foto: Divulgação)

Durante os jogos, a Nielsen rastreou os logotipos e projetou os resultados para uma possível temporada regular. O resultado: as marcas apareceriam três vezes mais na MLB em comparação com a liga de basquete. Dessa forma, segundo a Nielsen, poderiam gerar US$ 11 milhões em valor de marca por time a cada temporada.

Vale lembrar que a própria iniciativa da NBA tem sido um sucesso comercial. Iniciado na temporada 2017/2018, o programa tem gerado um total de US$ 150 milhões por ano aos times que atuam na liga de basquete. O contrato mais valioso é o do Golden State Warriors, cuja parceria com a empresa japonesa de comércio eletrônico Rakuten vale US$ 20 milhões anuais.

Em menos de dois anos, a NBA conseguiu fazer com que as 30 franquias garantissem marcas nos uniformes. Na semana passada, no entanto, o Dallas Mavericks rescindiu o contrato com a 5miles e se tornou a única franquia sem patrocínio no momento. A ideia da equipe é fechar com outra marca antes do início da próxima temporada, que está marcado para daqui exatos dois meses, em 22 de outubro.


Notícia MLB NBA patrocínio camisa marketing mercado beisebol basquete marca valor estudo Nielsen