Em dois dias, o Brasil voltará a receber uma competição internacional, com a realização da Copa América. Ao mesmo tempo, a seleção feminina disputa, na França, a Copa do Mundo da modalidade. A realização simultânea das duas competições fez com que as marcas optassem por unir homens e mulheres em ações de ativação aos dois eventos, afinando discursos e otimizando verba.

Patrocinadoras da CBF, Gatorade e Vivo apostaram neste mês de junho na criação de uma campanha publicitária que une as duas seleções. A marca de isotônico foi a última a lançar sua propaganda. Nela, o mote utilizado é o suor. A campanha tenta mostrar que "Quem sua junto, vence junto", mesclando imagens de Gabriel Jesus, garoto-propaganda mundial da marca, atletas amadores e as duas seleções.

"Seja na seleção brasileira, prática esportiva profissional ou amadora, a Gatorade oferece a energia e a hidratação para todos conseguirem dar seu melhor até o final", declarou, em nota, Tatiana Brito, diretora de marketing da Gatorade.

Foto: Reprodução / YouTube (Gatorade Brasil)

A mesma percepção levou a Vivo a criar uma campanha, veiculada em redes sociais e também na transmissão do futebol pela Globo, em que homens e mulheres são valorizados como praticantes do futebol.

"A nova fase da campanha #JogueJunto tem o objetivo de inspirar mais uma vez as pessoas, convidando-as a entrar em campo torcendo pelas nossas seleções. Ao trazer a mensagem de que com nossos atletas, elas e eles, todos podem continuar jogando junto, queremos levar para o dia a dia o clima de união e conexão que o futebol é capaz de criar", disse Marina Daineze, diretora de comunicação da Vivo.

Outras marcas decidiram usar os dois torneios para criar ações de ativação de marca. Um dos maiores investimentos será da Adidas, que vai montar um espaço para valorizar a cultura do futebol que funcionará durante o mês de junho.

A "Arena Tango", em São Paulo, abrirá nesta sexta-feira (14), quando começa a Copa América, e funcionará aos finais de semana do mês de junho. O espaço receberá shows de artistas, terá quadras para a prática de futebol e ainda será local de encontro com ex-jogadores para a mídia e influenciadores. A ideia da fabricante é pegar carona principalmente na Copa América, que é patrocinada pela rival Nike.

No primeiro final de semana, por exemplo, ícones do futebol sul-americano como o ex-goleiro colombiano René Higuita e o ex-atacante argentino Claudio Cannigia estarão no espaço. O local também exibirá partidas da Copa do Mundo Feminina.


Notícia Copa América Copa do Mundo Feminina marcas patrocínio marketing Gatorade Vivo Adidas estratégia gestão ação ativação