A X3M e a Dream Factory esperam colocar 50 mil torcedores do Flamengo dentro do Maracanã para a final da Libertadores no próximo sábado (23). Com o jogo único da decisão sendo disputado em Lima, no Peru, as empresas decidiram acertar com a Conmebol para organizar a Final Fun Fest e criar uma verdadeira experiência para o torcedor rubro-negro dentro da própria casa, mesmo sem um jogo acontecendo ali.

A Final Fun Fest (com "u" mesmo, já que a expressão Fan Fest é da Fifa) proporcionará a transmissão do jogo em 10 telões modernos de LED de última geração (de 60m2 cada um), com 14 torres de som de alta qualidade, que ficarão dispostas ao redor do campo.

LEIA MAIS: Final única da Libertadores cria febre de fan fests

Para completar a experiência, haverá shows de artistas como Ludmilla, Buchecha, DJ Marlboro e Ivo Meirelles no pré-jogo para garantir o entretenimento que servirá como aquecimento até a hora da bola rolar. Amstel, Mastercard e Santander, marcas que patrocinam o torneio, também marcarão presença com ativações para os torcedores.

Foto: Divulgação

"Para nós, está claro que o futebol alcançou uma escala que transcende o local do jogo em si. Queremos criar um case de lotar um estádio para ver um jogo de futebol acontecendo em outro estádio. Além de 50 mil pessoas no Maracanã, esperamos em torno de 25 mil no Mané Garrincha, local que também escolhemos pelo fato de Brasília abrigar a segunda maior torcida do Flamengo no Brasil. No sábado (23), lugar de rubro-negro é dentro do estádio", afirmou Bernardo Fonseca, CEO da X3M, empresa que tem no currículo eventos como Uphill Marathon e Desafio Mano a Mano.

Apesar do clima de festa, a empresa também quer prezar pela segurança. Será montado um esquema muito parecido com o que ocorre quando há jogo de grande envergadura no Maracanã ou no Mané Garrincha. Os torcedores ficarão nas arquibancadas e não terão acesso aos gramados dos dois estádios.

Segundo a X3M, a ideia é que, com vitória ou com derrota do Flamengo, os locais sejam evacuados assim que a partida terminar. Por esse motivo, não há nada previsto para o pós-jogo. Todas as ativações serão realizadas antes e durante a final.

"Esperamos que seja um sucesso e que termine com vitória do Flamengo. Se o time brasileiro for à frente, já temos até a ideia de fazer tudo de novo no dia 21 de dezembro, data da final do Mundial do Qatar", finalizou Bernardo.


Notícia Libertadores Flamengo River Plate final Final Fun Fest Maracanã Mané Garrincha mercado torcida demanda marketing estratégia X3M