Fortaleza, Vasco, Cruzeiro, Santos, Botafogo e Corinthians já possuem marcas de sites de apostas nas respectivas camisas. O Bahia também já fechou, e o Atlético Mineiro foi o oitavo da Série A a se acertar na semana passada, mas sem colocar a marca na camisa. 

Você saberia dizer, porém, por que os sites de apostas investem no futebol brasileiro, se as apostas em si ainda são proibidas no Brasil? O CEO da Máquina do Esporte, Erich Beting, responde essa dúvida no vídeo abaixo:


Notícia Sites de apostas patrocínio marketing Série A Brasileirão proibição investimento mercado