Lionel Messi será tema de espetáculo do Cirque du Soleil. A informação foi anunciada pelo próprio camisa 10 do Barcelona nas redes sociais. Horas antes do anúncio, o jogador postou um vídeo vestindo uma camiseta com o nome e o símbolo da companhia de entretenimento, no qual faz malabarismos com um nariz de palhaço.

Foto: Reprodução / Instagram (@leomessi)

“Sinto-me honrado em anunciar a criação de um novo show do Cirque du Soleil em 2019 baseado na história da minha vida e na minha paixão pelo futebol”, afirmou Messi, que ainda postou a hashtag #MessiCirque.

Segundo a imprensa argentina, a turnê com o show baseado no craque passará por diversos países no ano que vem, começando pela América Latina e seguindo pela Europa e pela Ásia.

Fundado em 1984 no Canadá, o Cirque du Soleil é um dos mais tradicionais do ramo do entretenimento circense. A companhia tem um histórico de basear shows em nomes famosos e populares, como os Beatles, Elvis Presley e Michael Jackson, além de já ter participado de aberturas de eventos como Super Bowl, Jogos Pan-Americanos, entre outros.

Esta será, no entanto, a primeira vez que o Cirque du Soleil homenageia um atleta. E a escolha de Messi foi “cirúrgica”. O jogador é bem visto pelas marcas, vive em bom ambiente familiar, é tido como bom marido e pai, e nunca aparece em situações que possam atrapalhar a imagem de quem o patrocina. Atualmente, tem contratos com marcas como Adidas, Pepsi e Turkish Airlines.

Além de tudo isso, o argentino possui mais de 99 milhões de seguidores no Instagram e quase 90 milhões no Facebook, o que dará à companhia uma imensa visibilidade nas redes sociais e por onde a turnê passar.

Por seu lado, Messi mostra que, quanto mais perto chega de encerrar a carreira, mais transcende o campo de jogo e o mundo esportivo. Aos 31 anos, o jogador ganha cerca de € 565 mil por semana e tem um patrimônio líquido estimado entre € 230 e € 260 milhões.


Notícia Messi Cirque du Soleil entretenimento espetáculo marketing parceria mercado mídia estratégia