A Lega Serie A, que faz a gestão da Liga Italiana de futebol, levou a agência MP&Silva aos tribunais de Milão. A entidade alega que a empresa deixou de passar 38 milhões de euros (cerca de R$ 160 milhões) referentes a direitos de transmissão. A informação foi divulgada pelo site SportBusiness.

Sem o repasse do valor acordado, a Liga Italiana tem pedido aos parceiros globais de transmissão para deixarem de pagar para a agência e passarem a transferir os valores diretamente para a entidade.

A decisão da Liga Italiana complica ainda mais a situação financeira da MP&Silva. Há duas semanas, foi divulgado que a agência tem sofrido para arcar com suas dívidas, com inadimplências que incluem a Premier League, a liga de futebol da Inglaterra.

São, na verdade, duas dívidas que a agência acumula com os italianos. Já existia um valor pendente, de 20 milhões de euros, que agora foram somados a mais 18 milhões de euros referentes à última temporada.

A agência tem negado as dívidas, mas convocou uma reunião de emergência nesta semana para discutir a situação financeira da empresa.

A MP&Silva deveria ter pagado 185 milhões de euros pelo ciclo 2015/2018 para ter o direito de revender os direitos do Campeonato Italiano internacionalmente. Valorizada, a Liga conseguiu um grande aumento nesta atual temporada. Agora, a IMG arca com 340 milhões de euros por ano para fazer o mesmo serviço.


Notícia MP & Silva Direitos de Transmissão Liga Italiana