A Street League Skateboarding (SLS), liga americana de skate que é responsável pelos principais eventos da modalidade, fechou um acordo para ser representada pela agência Effect Sport no Brasil. A ideia é fazer com que mais eventos da modalidade sejam realizados no país, a exemplo do SLS Super Crown, que teve uma etapa realizada no início do ano na Arena Carioca 1, dentro do Parque Olímpico do Rio de Janeiro.

"Está claro que o Brasil é, cada vez mais, um mercado importante para as grandes ligas esportivas que buscam, via ações digitais e conteúdo ao vivo, ganhar mais relevância no nosso mercado", afirmou Pedro Rego Monteiro, CEO da Effect Sport.

Foto: Divulgação

O primeiro evento realizado no país superou as expectativas. A etapa, que teve Leticia Bufoni como grande nome, reuniu 120 atletas e foi o primeiro evento de skate street no Brasil a cobrar ingresso do público. Em dois dias, 7.500 pessoas compareceram às disputas, que foram transmitidas ao vivo pelos canais SporTV.

"A SLS acredita que trazer para o país eventos de grande qualidade, como o Super Crown, é uma manobra que vai garantir pontuação alta para a liga perante os demais conteúdos. O sucesso de bilheteria, concessões (alimentação e produtos licenciados) e visibilidade nas mídias tradicionais indicam que a estratégia foi acertada", disse Monteiro.

A atratividade do público abriu os olhos da SLS para a geração de conteúdo por streaming para o fã de skate. O street será, em 2020, parte do programa olímpico em Tóquio.

"Agora, temos como metas alavancar também a venda de pacotes de OTT, além de construir relação sustentável e orgânica localmente através de ações de inclusão e fomento à base, sempre em parceria com as entidades responsáveis pelo esporte no país", complementou Monteiro.


Notícia Skate investimento marketing mercado patrocínio estratégia Street League Skateboarding Effect Sport