A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) anunciou, nesta sexta-feira (4), que o argentino Agustin Danza não é mais o CEO da entidade. O argentino começará uma nova etapa de sua carreira profissional como diretor de operações do Nubank em seu país natal.

O cargo não ficará vago nem por um dia. Engenheiro Mecânico pela Escola Politécnica da USP e Mestre em Finanças e Marketing pelo CEAG/FGV, Jean-Luc Jadoul será o novo CEO da CBRu. O executivo possui 21 anos de experiência em gestão, seis dos quais como líder de organizações comerciais e de marketing. Além disso, foi atleta de rúgbi, chegando, inclusive, a defender a seleção brasileira.

Jean-Luc Jadoul, entre Agustin Danza (à esquerda) e Eduardo Mufarej (à direita) (Foto: Divulgação / Brasil Rugby)

Vale lembrar que Agustin Danza ocupou o cargo pelos últimos cinco anos e meio, período em que o esporte alcançou resultados expressivos como o título do Campeonato Sul-americano Masculino de Rugby XV de 2018, o melhor ranking da história da seleção masculina em 2019 e a classificação da seleção feminina para o Circuito Mundial (2016 e 2019). Além disso, também ajudou a organizar eventos como o amistoso da seleção nacional diante do All Blacks Maori, realizado em novembro do ano passado, no Morumbi.

Apesar de deixar a função e ainda voltar ao país natal, o argentino não ficará 100% distante do rúgbi nacional. Danza aceitou o convite para se juntar ao Conselho Consultivo da CBRu e, dessa forma, estará sempre em contato com a entidade na tentativa de ajudar no desenvolvimento do esporte no Brasil.

De acordo com a CBRu, o agora ex-CEO já tinha sinalizado a possibilidade de partir para novos desafios. Por isso, a entidade conseguiu realizar um processo de recrutamento, que foi conduzido pelo Comitê de Nomeação do Conselho da CBRu, apoiado pela Flow Executive Finders, e que culminou com a indicação de Jean-Luc Jadoul.


Notícia Jean-Luc Jadoul Agustin Danza CEO CBRu rúgbi mercado marketing